ECONOMIA
Feirão do Imposto do Conjove mostra peso da carga tributária

População pôde tirar suas dúvidas sobre o tema

30/09/2013

Feirão do Imposto foi realizado ontem pelo Conselho do Jovem Empresário (Conjove) da Aciu (Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Umuarama), em parceria com a Confederação Nacional dos Jovens Empresários (Conaje) e com apoio da Delegacia da Receita Estadual de Umuarama.

Em tendas instaladas no estacionamento do supermercado Planalto Big, foram desenvolvidas atividades para conscientizar a população sobre o peso da carga tributária no País. Algumas empresas venderam produtos sem o valor dos impostos embutidos, para destacar a diferença no preço final.

A concessionária Uvel expôs um carro popular identificando os valores com e sem os tributos, que representam em média 33% do valor total. O veículo estava sendo negociado pelo preço da nota de fábrica, de quase R$ 28 mil por R$ 18.500. “Estamos fazendo esse trabalho de conscientização junto à população, mostrando alguns valores de produtos, como automóveis, que têm uma carga tributária muito alta e as pessoas costumam ficar bastante surpresas com os valores”, diz João Vitor Ribeiro Semensato, presidente do Conjove.

Um apartamento que custa R$ 96.500, estava sendo negociado a R$ 74 mil. “Já apareceu bastante gente interessada aqui viu. A procura está boa, até porque é uma oportunidade muito interessante”, diz o corretor de imóveis Valdemir Simplício. A pizzaria Toca do Cascão comercializou 100 pizzas e posto de combustível Mandala, mil litros de etanol sem os impostos. “Por exemplo, a pizza que custa R$ 30, você paga R$ 20,40 e o litro do etanol que custa R$ 1,89, hoje você pega por R$ 1,43”, explicou Semensato, enquanto distribuía os cupons da “promoção”.

 

VENDINHA

A Receita Estadual desenvolveu atividades voltadas à educação fiscal, com a Vendinha do Fisco. Com as crianças, foram simuladas situações de compra e venda, emitindo o cupom fiscal com o valor do imposto em destaque. “Com essa brincadeira, demonstramos a importância de pedir a nota fiscal, que tem várias utilidades, como a garantia do produto em caso de algum problema”, diz o auditor da Receita, Vanderlei Fontes.

Um impostrômetro também ficou em exposição, para que os visitantes pudessem acompanhar quanto já foi recolhido no País desde o início deste ano – valor que já atingiu a casa do trilhão. Um dos objetivos do feirão é lutar pela melhor aplicação dos impostos no Brasil.

 

Carga elevada

Segundo o Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT), dentre os 30 países com a maior carga tributária, o Brasil é o que menos repassa benefícios em serviços para a população. Por isso, uma das bandeiras que o evento levanta é relacionada à simplificação tributária, com mais eficiência e transparência dos gastos públicos.

 

Fonte: Jornal TRIBUNA HOJE - www.tribunahoje.jor.br

 

Clique para ampliar a foto
Praça Hênio Romagnolli, 3800 87501-190 - Umuarama/PR
Telefone

  • 44 3621-6700
  • 44 98422-1493
Facebook Twitter
Prestige