RODOVIA
Edital para obras de duplicação da PR-323 deve sair em 15 dias

Secretaria de Estado da Infraestrutura garantiu que trecho entre Paiçandu e Cianorte terá “início imediato”

28/02/2018

Em pronunciamento oficial na Assembleia Legislativa do Paraná, o deputado estadual Fernando Scanavaca (PDT) anunciou que o edital de licitação para as obras de duplicação da rodovia PR-323 deve ser publicado em 15 dias. A garantia, segundo ele, foi dada na manhã de terça-feira (27) pelo secretário de Estado da Infraestrutura, Pepe Richa. O trecho inicial será de 27 quilômetros, entre Paiçandu e a ponte sobre o Rio Ivai.

A licitação para escolha de uma empresa para realizar tal obra chega em substituição à Parceria Público-Privada (PPP) que seria firmada há cerca de dois anos, mas que depois foi cancelada pelo Governo do Estado por problemas com a empreiteira vencedora – a Odebrecht. “O projeto inicial contemplava o trecho entre Paiçandu e Francisco Alves, cortando o Noroeste, que seria o ideal, porém agora essa obra terá de ser ‘fatiada’ em três trechos”, detalhou Scanavaca.

Segundo o deputado, o primeiro trecho a ser duplicado terá início imediato após a escolha da empresa através de edital. “Num segundo momento a prioridade de duplicação será o trecho entre o Posto Gauchão e o trevo de acesso a Mariluz, que deve ser ainda neste primeiro semestre, conforme conversei ontem com o Pepe Richa”, relatou.

 

MOVIMENTO

Presidente do movimento que luta pela duplicação da Rodovia PR-323, o engenheiro Sergio Frederico se diz agradecido ao trabalho voluntário de todos os profissionais que compõem o grupo. “Quando a sociedade se organiza com determinação e foco, os resultados aparecem. Agora vamos aguardar a publicação do edital e continuar acompanhando cada detalhe sobre a tão sonhada duplicação. Mesmo que a obra seja feita em partes, vamos comemorar. E continuar muito atentos e determinados na cobrança de ações por parte do Governo do Estado”, afirmou.

 

NA EXPO

O Movimento Pela Duplicação da Rodovia PR-323 vai marcar presença durante os 11 dias de duração da Expo-Umuarama 2018, que acontece de 8 a 18 de março. De acordo com Frederico o grupo terá um estande e será um momento para apresentar a causa a um número grande de pessoas, além de solicitar a participação ativa de toda a sociedade nesta organização. “Nossa luta é em nome da preservação da vida e pela segurança das milhares de pessoas que passam pela 323. Nosso objetivo maior é um dia podermos deixar de chamá-la de Rodovia da Morte”, resumiu o engenheiro.

 

 

Foto: arquivo G1

 

Praça Hênio Romagnolli, 3800 87501-190 - Umuarama/PR
Telefone

  • 44 3621-6700
  • 44 98422-1493
Facebook Twitter
Prestige