HOJE!
Comércio deve fechar portas a partir das 16h

Empresas são convidadas a participar de manifestação em apoio aos caminhoneiros

25/05/2018

Representantes dos sindicatos dos patrões e empregados reuniram-se na tarde de ontem para discutir sobre a participação de empresários na manifestação promovida pelos caminhoneiros contra o alto preço do óleo diesel. Tanto os sindicalistas quanto a Aciu (Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Umuarama) resolveram apoiar a causa nacional e vão sugerir para que todas as lojas fechem suas portas a partir das 16h desta sexta-feira (25).

Durante o encontro, realizado na sede do Sindicato dos Empregados no Comércio de Umuarama, os representantes dessas entidades chamaram a atenção para o risco que representa a proposta feito pelo governo federal, que se comprometeu a diminuir impostos incidentes sobre o diesel em troca do aumento de imposto sobre a folha de pagamento de alguns setores que se beneficiaram, no passado, com desoneração tributária – a chamada reoneração. “Isso com certeza pode recair sobre o trabalhador brasileiro e não podemos permitir mais esta injustiça”, observou Miromar Ponciano de Andrade, presidente do Sindecomu.

O presidente da Aciu, Orlando Luiz Santos, comprometeu-se com representantes do movimento dos caminhoneiros a incentivar a participação dos empresários na paralisação. “Somos absolutamente solidários com os caminhoneiro e sabemos que eles são os responsáveis pela movimentação das riquezas brasileiras, por isso gostaríamos que todos os cidadãos pudessem apoiar o movimento, pois todos temos a ganhar”, afirmou.

Santos informou ainda que as três entidades vão se unir para anunciar, por meio de carros de som, a realização de uma manifestação na Praça Santos Dumont, no final da tarde desta sexta-feira. “Pedimos a todos os empresários que apoiem essa luta, que é de todos. Sugerimos que fechem as portas de suas empresas às 16h e que sigam, patrões e empregados, até a Praça Santos Dumont, onde haverá uma concentração importantíssima para a causa defendida pelos caminhoneiros”, relatou. Também participaram da reunião, representantes do Sindicato Patronal do Comércio de Umuarama (Sinlojistas): o presidente José Carlos Strassi, o tesoureiro Eduardo Maria Rodrigues e do secretário Edgardo Ruben Veloso.


 

Foto: Edgardo Ruben Veloso.

Praça Hênio Romagnolli, 3800 87501-190 - Umuarama/PR
Telefone

  • 44 3621-6700
  • 44 98422-1493
Facebook Twitter
Prestige