ACIU - Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Umuarama
SPC Brasil COB-Online NF-e Canhoto Fácil

Alento

Comércio de Umuarama comemora retomada após Natal complicado de 2020

Avanço da imunização e retomada gradual da agenda de eventos são fatores importantíssimos no processo


O Natal representa, historicamente, o período mais promissor para o comércio varejista. Após um ciclo complicadíssimo da pandemia de coronavírus, com início em 2020 e ápice no primeiro semestre desse ano, as vendas voltam a reagir. Um índice expressivo de empresários e colaboradores consultados pela Associação Comercial, Industrial e Agrícola (Aciu) confirma que metas de vendagem foram atingidas e até superadas.

Os balanços, na maioria dos casos, serão fechados na próxima semana, mas já é possível pinçar fatores bem interessantes. O avanço da imunização é o principal responsável pela mundança de cenário. A retomada de eventos, com destaque para casamentos e confraternizações, embasa um incremento considerável no fluxo de muitos estabelecimentos.

"É crescente a procura por vestidos e outros trajes para festas, algo que simplesmente não tivemos no ano passado", avalia Ana Paula Gomes Belfiori, gerente da loja Planeta Jeans.

Projeção

Estimativa da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) mostra que o varejo brasileiro deve movimentar, neste Natal, R$ 57,4 bilhões em vendas, com alta do faturamento de 9,8% em relação a igual período do ano passado. 

Apesar de o fluxo de consumidores estar voltando aos níveis pré-pandemia, economistas ressaltam que o bolso dos compradores está diferente. No Natal passado, a inflação estava na casa dos 5% a 6%. Atualmente, representa o dobro disso.  

De qualquer modo, após um período prolongado de dificuldades, o 'aquecimento' plausível das vendas é sinônimo de alento e confiança. "O resultado está dentro das expectativas. Marca essa retomada que aguardávamos ansiosamente", ressalta o gerente da loja Magazin Avenida, Gentil Rozolem.

Natal de Esperança

"Ficamos felizes com o retorno de um clima muito próximo da normalidade. Um termômetro confiável é o saldo da campanha Natal de Esperança Aciu. A maior promoção do Estado foi concebida exatamente para motivar o setor varejista e efetivamente ajudar a alavancar as vendas", pontua o presidente da Aciu, Orlando Luiz Santos.

A campanha atingiu nesta quinta-feira (23) 364 mil cupons cadastrados, registrando a participação aproximadada de 36 mil consumidores. Entre os participantes, a predominância é do público feminino (54%); 67% têm mais de 50 anos; 71% dos consumidores residem em Umuarama e 29% em outros municípios (principalmente da Amerios).

"Mais de cem consumidores foram contemplados com vales-compra, totalizando dezenas de milhares de reais que são gastos no comércio local, fazendo girar nossa economia. E duas motos Honda Biz saíram até o momento", complementa Santos.

Muitos vales-compra e veículos estão por vir. Três automóveis e três motos terão seus proprietários conhecidos na extração da Loteria Federal do próximo dia 29.