Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Umuarama
2ª via de boleto | COB online | SPC Brasil | NF-e

NOVO MUNDO

Especialista afirma que não há como fugir da inovação

André Turetta apresentou a palestra “Inovação: um desafio de todos” na reunião mensal de associados Aciu


legenda
Especialista afirma que não há como fugir da inovação
legenda
Especialista afirma que não há como fugir da inovação
legenda
Especialista afirma que não há como fugir da inovação

André Luiz Turetta, mestre em tecnologia e sociedade apresentou a palestra “Inovação: um desafio de todos”, durante a reunião mensal de associados Aciu, realizada manhã desta quarta-feira (28). Dentre outros pontos, ele alertou que quem insistir em ficar sozinho – tomar decisões sem consultar equipes, clientes, fornecedores, etc – com certeza não sobreviverá no mercado dos e negócios, detalhando que no processo de inovação não se pode ter a tradicional figura do ‘chefe’.


Turetta comentou que antes, nos processos de gerenciamento, prevalecia o ‘velho marketing’, que por décadas estimulou a valorização dos “Quatro Pês” – Preço, Produto, Praça e Promoção. “Nos tempos modernos o novo marketing é sustentado em quatro pilares: Valor, Solução, Presença e Educação. Para conquistarmos um cliente precisamos oferecer soluções e experiências, muito mais que simplesmente um produto ou serviço”, resume, acrescentando que experiência é o sentimento resultante do contato que o cliente ou usuário teve com alguma etapa do negócio, algo experimentado com os cinco sentidos e com o cérebro.

Ele chamou a atenção para outro termo utilizado pelo ‘novo marketing’, que é customer success, que fala sobre o sucesso do cliente. “É a metodologia de negócios para garantir que os clientes atinjam os resultados desejados ao usar seu produto ou serviço. Customer Success é o gerenciamento de clientes focado em relacionamento, que alinha os objetivos do cliente e do fornecedor para obter resultados mutuamente benéficos”, detalha.

Para o especialista em inovação, nunca foi tão importante a união de forças para a conquista de melhores resultados nas empresas. Essa união de ideias, de estratégias e de forças ele chama de ‘Era da Convergência’, já que exige de todos os profissionais – gestores, empresários, administradores, etc – uma atuação conjunta. “Estamos na era da convergência, da inovação aberta e da cocriação, quem ousar ficar sozinho, perderá a oportunidade de fazer coisas grandiosas”, afirmou.


Acesse Galeria de Fotos clicando aqui.