ACIU - Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Umuarama
2º Via de boleto COB-Online SPC Brasil NF-e

Pandemia

Umuarama recebe reforço de dez leitos de UTI na estrutura hospitalar

O município conta, agora, com 20 leitos de UTI e 30 de enfermaria para adultos


O governador Carlos Massa Ratinho Junior entregou nesta segunda-feira (13) dez novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para o Hospital Cemil. Eles serão utilizados com exclusividade para tratamento dos casos mais graves de Covid-19 neste momento e depois incorporados à estrutura do hospital. Os leitos serão disponibilizados já nesta terça-feira (14) para a comunidade.

O município conta, agora, com 20 leitos de UTI e 30 de enfermaria para adultos, somando os espaços disponíveis também no Hospital Uopeccan. A macrorregião Noroeste tem 132 leitos de UTI e 264 de enfermaria para atender 115 municípios. Os leitos estão localizados, além de Umuarama, em Campo Mourão, Goioerê, Paranavaí, Cianorte, Maringá e Sarandi. 

“Esses novos leitos dão mais estrutura para o atendimento avançado contra o coronavíus. Umuarama tem um corpo técnico muito eficiente e vai nos ajudar nessa batalha. Essa estruturação é fruto do trabalho do Estado junto com a prefeitura e os deputados”, afirmou Ratinho Junior. “Implementamos em pouco mais de 100 dias 913 leitos para adultos no Paraná, média de oito por dia. É praticamente o mesmo que o Estado construiu nos últimos 30 anos”. 

Parceria

O governador também disse que o Estado entrou em um período difícil no combate ao novo coronavírus e que é preciso trabalhar em parceria com a sociedade para vencer o aumento dos casos. 

“O inverno é um grande problema, apesar do Noroeste sofrer menos com o frio. O vírus chegou com mais força no Paraná. Não decretamos quarentena, mas sem uma vacina temos que conviver tentando equilibrar saúde e economia”, acrescentou Ratinho Junior. 

Além dos leitos exclusivos para a Covid-19, foram entregues mais sete leitos de UTI Neonatal e três leitos de UTI pediátrica para o Hospital Cemil. Ele foi criado em 1978 e atualmente é mantido pela Associação Beneficente São Francisco de Assis. 

O secretário de Estado da Saúde, Beto Preto explicou que os novos leitos estão equipados com respiradores, ventiladores e todo o sistema de gases necessário para atendimento ao paciente.

“A estrutura hospitalar do Paraná aumentou muito nos últimos meses e especialmente nas duas primeiras semanas de julho. Foram mais de 100 novos leitos de UTI em todas as macrorregionais de Saúde para dar conta do aumento do número de casos”, destacou o secretário. 

CENÁRIO

Umuarama registrou até este domingo (12) 366 casos de coronavírus, com seis óbitos. Atualmente oito pacientes da rede pública em internados em estado mais grave na UTI e 15 nas enfermarias do Hospital Uopeccan. 

A regional de Saúde contabilizou 630 casos e oito óbitos em todos os 21 municípios desde março, mas as incidências de casos (227) e de mortes (2,9) por 100 mil habitantes ainda está abaixo da média paranaense. A macrorregião Noroeste ocupação de leitos perto de 60%. 

PRESENÇAS

Estiveram presentes na cerimônia o chefe da Casa Civil, Guto Silva; o secretário estadual de Desenvolvimento Sustentável e Turismo, Márcio Nunes; o prefeito de Umuarama, Celso Pozzobom; o deputado estadual Soldado Adriano José; o presidente da Associação Beneficente São Francisco de Assis, mantenedora do Hospital Cemil, Guilherme Schmitt; e o superintendente da Associação Beneficente São Francisco de Assis, João Jorge Hellú.